Os Livros do Odenir

MEU LIVRO DE FICÇÃO CIENTÍFICA, MINHAS OPINIÕES E MUITO MAIS!

Você sabe como comprar dólar? E como comprar euro?

O mundo é globalizado, mas muita gente, por incrível que pareça, nunca viu dinheiro estrangeiro e só conhece o real. Isso acontece principalmente em países pouco internacionalizados como o Brasil.

Você que está lendo talvez seja uma dessas pessoas que nunca viram dinheiro estrangeiro e deve estar se perguntando várias coisas:

Posso comprar dólar? Posso trocar meus reais por euro? Quanto posso comprar? Existe limite? Onde consigo comprar dólar? Preciso de apresentar documentos na hora de comprar dólar ou euro? Preciso comprovar que vou viajar para comprar moeda estrangeira?

Vou tentar responder uma pergunta de cada vez.

Em primeiro lugar, sim, qualquer pessoa adulta consegue comprar moeda estrangeira no Brasil.

Em segundo lugar, para comprar moeda estrangeira é muito simples: basta se dirigir à uma casa de câmbio, portando RG e CPF. Provavelmente irão te pedir também um comprovante de residência. Cada casa de câmbio é uma casa de câmbio. São instituições financeiras diferentes. Pode ser que as exigências variem de uma para outra, mas em geral elas exigem apenas isto. Não é necessário comprovar que você vai viajar para o exterior, nem nada do tipo. Essa coisa de provar que vai viajar pra comprar moeda estrangeira é coisa de país tristemente dominado pelo socialismo, como Argentina e Venezuela, o que felizmente não é o caso do Brasil. O Brasil, apesar de todos os problemas, pra nossa sorte ainda é um país capitalista e razoavelmente sério e livre.

Uma estratégia interessante, nos momentos de baixa, é ir comprando (poupando), em dólar (se você pretende viajar a turismo aos EUA), em euro (caso você queira conhecer no futuro a Europa), ou em Libra (caso seu destino seja o Reino Unido).

É possível comprar pouca moeda estrangeira, pra ir poupando aos poucos para sua futura viagem, mas não sei se todas as casas de câmbio vendem pequenas quantidades ou não. Provavelmente você conseguirá comprar quantias pequenas de 100 dólares ou mais. A partir de 200 dólares tenho certeza que algumas casas de câmbio vendem. Abaixo de 100 dólares não sei se é possível (creio que não).

Você pode comprar quanto dinheiro estrangeiro quiser, mas uma regra é bem importante no Brasil: ao comprar ou acumular ao longo do tempo mais de R$ 10.000,00 (dez mil reais) em moeda estrangeira, deve-se declarar o dinheiro à Receita Federal. Não irei entrar nestes detalhes legais, mas é importante que você tenha conhecimento disto, para fazer tudo de acordo com a lei. As casas de câmbio geralmente colocam um certo limite na quantidade de moeda estrangeira que um pessoa pode comprar por mês ou por ano, para evitar crimes financeiros, mas é um limite bem alto. Dificilmente uma pessoa irá comprar mais que isso pra viajar para fora do país ou poupar, mas caso você compre mais que dez mil reais, deverá seguir a lei e declarar o dinheiro. Não sei quais são regras para cidadãos estrangeiros que compram ou vendem dinheiro estrangeiro no Brasil, mas certamente há legislação específica.

Enfim, acho que ficou claro que não é tão difícil ter alguns dólares ou euros guardados não é mesmo? Pelo contrário, é muito fácil. Difícil é conseguir fazer sobrar alguns reais no fim do mês pra ir preparando aos poucos as férias no exterior…

Filed under como comprar dólar casa de câmbio como comprar euro

Como é uma barra de ouro?

Você já viu uma barra de ouro puro? Eu não. Mas achei alguns vídeos interessantes que mostram barras de ouro de diversos pesos.

Abaixo, uma barra de ouro de 1 grama. Hoje, dia 24/03/2014, uma barrinha de ouro dessas custa cerca de cem reais e qualquer um pode comprar.

Esta é uma barra de ouro de 5 gramas. Custaria, na cotação da data do post, cerca de R$ 500.

Esta já é uma barra um pouco mais cara. 10g, ou mil reais:

Agora vamos pra barrinhas maiores. São 100 gramas nesta barra, ou seja, cerca de R$ 10.000!

Agora a última barra, de 1Kg, que vale hoje cerca de cem mil reais!

No Brasil, existem empresas especializadas em venda ouro, inclusive pela internet. Mas é lógico que quem investe em ouro tem que tomar cuidado para não cair em golpes e escolher um fornecedor confiável, pois o ouro possui uma qualidade que varia muito. Quanto menos puro, menos vale a barra.

Existem também bancos que vendem ouro, porém as barras ficam guardadas em cofres, e há um custo mensal, que varia de banco pra banco, para que a barra de ouro fique guardada em segurança. O banco cobra por causa do espaço usado para guardar a barra, e claro, pelo custo dos gastos em segurança.

Por fim, a maioria dos países possuem reservas enormes de ouro, como uma forma de fortalecer a economia e se defender de possíveis crises, pois é uma forma de garantir ao mercado, por exemplo, que o governo pode pagar suas dívidas.

Filed under barra ouro gold bar

Agora eu sou professor

Mesmo já tendo trabalhado em alguns colégios no setor administrativo, entrar na sala de aula, pela primeira vez como professor, é estranho pra quem estava acostumado a ser apenas aluno.

De repente você está lá na frente e tem alunos esperando aprender e olhando pra sua cara aguardando a chamada e o conteúdo.

Eu estou trabalhando tanto em turmas de adultos, quanto em turmas de adolescentes, pois existem cursos técnicos tanto para quem já terminou o ensino médio, quanto de forma integrada, para quem ainda está cursando-o.

Lecionar para adultos é uma grande responsabilidade, pois a expectativa e o conhecimento deles é maior. Acho que deve-se tentar aproveitar ao máximo o conhecimento desses alunos, pois o aluno adulto muitas vezes tem muito a compartilhar com a sala a partir de sua experiência profissional ou de algo que aprendeu em algum outro curso, enriquecendo assim o momento de estudo.

Já entrar em uma turma formada de adolescentes é muito complexo, devido ao comportamento de alguns, e não me refiro apenas à famosa baderna, mas também ao desinteresse. Prender a atenção do adolescente é mais complicado, pois eles estão na escola por obrigação. Já os adultos estão lá por que escolheram estudar.

Eu achava que seria fácil despertar o interesse dos adolescentes. Alguns, claro, se interessam pela disciplina por gostarem do conteúdo, mas outros simplesmente não gostam, pois acham a matéria chata. Isso é natural, já que as pessoas gostam de coisas diferentes. Porém tentar fazer com que este aluno tenha um mínimo de vontade de aprender é um dever do professor. Mas isso na prática é muito complicado. Não vou falar aqui sobre minhas turmas, nem sobre meus alunos, por ética profissional.

O que posso falar é que por sorte tenho uma boa infraestrutura disponível. No estado do Paraná, nos colégios estaduais, cada sala possui uma televisão, e nela pode-se conectar um pendrive. A partir deste equipamento posso levar imagens e vídeos encontrados na internet pra enriquecer as aulas. Até o presente momento, apenas usei o velho método de ensino, falando e passando conteúdo no quadro. Mas esta forma de ensino vou usar de maneira isolada só nas primeiras aulas deste ano. Fazer o aluno usar o laboratório de informática (outra ferramenta importante que felizmente tenho à disposição) e apresentar vídeos para debate será importante. Algumas disciplinas permitem que o professor, se quiser e tiver capacidade, use apenas os velhos métodos de ensino e mesmo assim tenha sucesso na sua tarefa. Não é o caso dos conteúdos que vou trabalhar. Em minhas aulas terei que, em algum momento, utilizar programas de computador e inclusive a internet durante o processo de ensino.

Pra resumir, cada aula é um desafio para o professor, pois o que nós mais queremos é que os alunos aprendam, para que possam um dia utilizar estes conhecimentos na prática. Espero atingir o objetivo de participar positivamente na formação de cada um dos meus alunos.

Minha ferramenta de trabalho:

image

Filed under professor colégio aula

Quase professor

Estou aguardando fevereiro… Mês que vem irei lecionar em cursos técnicos, porém ainda não tenho certeza em quais cursos, nem em quais disciplinas, nem em qual escola, nem mesmo em qual cidade, pois ainda não ocorreu a distribuição de aulas e me inscrevi para várias disciplinas em duas cidades, sendo que em um município já comprovei títulos em duas disciplinas.

Será algo diferente, algo novo. Ser professor vai ser um desafio. Creio que vou gostar muito desta profissão.

Filed under professor lecionar